Centro de Check-UP cardiovascular

(41) 3342-6000

(41) 99229-2299

Conheça o Instituto Angio Cor !

Agende sua consulta!

Check-UP
Cardiovascular

Check up cardiovascular: Tromboembolismo venoso

Avaliação de risco de tromboembolismo venoso

O tromboembolismo venoso (TEV) tem um grande impacto na morbidade e na mortalidade da população geral, e pode ser prevenido na maioria dos casos. Assim, torna-se muito importante o seu diagnóstico.

O termo tromboembolismo venoso (TEV) engloba duas condições frequentes, que são a trombose venosa profunda (TVP) e o tromboembolismo pulmonar (TEP), sendo esta a causa de morte evitável mais comum. A indicação de profilaxia se baseia na alta frequência destas complicações e no fato da maioria dos pacientes ser assintomática ou cursar com sintomas inespecíficos.

Como o TEP fatal pode ser a primeira manifestação clínica, é inapropriado aguardar o aparecimento de sintomas para diagnosticar e tratar um episódio de TEV. Além disso, a detecção da TVP pode ser difícil, já que apenas cerca de metade dos pacientes tem quadro clínico evidente. Outras complicações tardias comuns são a trombose venosa recorrente e a hipertensão venosa crônica, quadros clínicos incapacitantes que podem acometer até 50% dos pacientes que desenvolvem TVP.

Fatores de risco para TEV:

Algumas doenças ou condições representam um risco adicional para o desenvolvimento de complicações tromboembólicas, tanto em pacientes clínicos quanto cirúrgicos.

Abortamento recorrente;

Acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico;

Anticoncepcional hormonal;

Câncer;

Cateter venoso central;

Doença inflamatória intestinal;

Doença pulmonar obstrutiva crônica;

Doença reumatológica ativa;

Idade ≥ 55 anos;

Infarto agudo do miocárdio atual;

Infecção;

Insuficiência arterial periférica;

Insuficiência cardíaca classe funcional III ou IV;

Insuficiência respiratória;

Internação em unidade de terapia intensiva;

Obesidade;

Paresia ou paralisia de membros inferiores;

Puerpério (até 4 semanas);

Quimioterapia;

Reposição hormonal;

Síndrome nefrótica;

Tabagismo;

TEV prévio;

Trombofilias (antecedente familiar de trombose);

Varizes / insuficiência venosa periférica.

Obs: Profilaxia é a parte da medicina que estabelece medidas preventivas para a preservação da saúde da população.

voltar ao topo